12 de maio de 2015

Crítica: Bates Motel | 3ª Temporada (2015)


Atenção: Essa postagem pode conter alguns spoilers sobre a temporada.
A aguardada terceira temporada de Bates Motel veio trazendo mais dramas, dilemas e a tão esperada transformação de Norman em Norma. A primeira pista de que veríamos algo como isso foram os teasers, sempre referindo-se ao filme Psicose, do qual a série serve de prequel contemporânea. Nos vídeos, víamos Norman espiando uma hóspede do motel através do famoso buraco na parede; Ele sentado olhando para a câmera como o final do filme; Ou até Norma sentada numa cadeira de balanço debaixo de uma lâmpada (!!!!).

Para quem não lembra muito bem, no final da segunda temporada, Norman (Freddie Highmore) se lembra que matou sim a professora Watson. Então, o Xerife Romero quer fazer um teste de polígrafo para saber qual a verdade. No meio do teste, Norman "vê" a mãe dizendo que não foi ele que matou a professora, mas sim ela. Todos sabemos que esse é o começo do distúrbio de personalidade dele. Com isso, ele passa no teste.


A história da terceira temporada começa com a chegada de Annika (Tracy Spiridakos) no motel dos Bates. Fica claro que ela é uma prostituta mas logo simpatiza com Norman. Há uma cena no 3x01 - A Death in the Family em que Norman é pego por Norma espionando Annika no chuveiro, através de uma janelinha da cabine. Bom, claro que Norma fica com ciúmes e toda "Não quero você falando com ela", essas coisas. Porém, tudo piora quando Annika desaparece e Norman foi a última pessoa vista com ela.


No entanto, alguns dias depois do desaparecimento dela, Annika reaparece baleada e morre nos braços de Norma. Antes de partir, a garota dá um pendrive para Norma e diz para que ela não o mostre a ninguém e que o que tem nele irá ajudar ela e a seu filho. A partir daí, vários homens começam a ameaçar Norma, pois de alguma forma eles sabem que ela está com o pendrive. Em meio a tudo isso, Norman começa a desenvolver mais a sua psicose.

Apesar de tudo, a primeira temporada continua sendo a minha favorita. Não sei o que era, mas o ano de estreia de Bates tinha algo especial, algo que nem a segunda nem a terceira conseguiu repetir. O suspense era maior e como víamos tudo pela primeira vez, era mais animador. Parece que toda temporada, Norma vai se meter numa confusão com um "chefão" da cidade que no final das contas vai ser morto por Romero ou algo do tipo. Sem tirar alguns dilemas chatos que a temporada vem jogando, como o retorno de Caleb. Não gostei dele na segunda temporada e continuo não gostando dele. Acho todo esse plot muito forçado, cansativo e desnecessário para a trama em geral; parece um "enche-linguiça" de episódios.

No entanto, sem dúvidas essa terceira temporada foi ótima. Teve suspense para caralho e ver Norman daquele jeito foi desconcertante! No 3x06 - Norma Louise, após o surto de Norma ao descobrir que Caleb estava na cidade, Norman enlouquece sem a presença da mãe e no meio da madrugada, coloca um vestido dela e vira ela! É insano. Bateu até um medo. Todos sabem que na história de Psicose que se passa após o fim da série, Norman mata as pessoas já sobre a personalidade da mãe. Norman mantém o cadáver esquelético da mãe no porão da casa. E na história também é dito que Norman envenenou a mãe e o marido dela. Quem será que vai interpretar o marido de Norma?

Acho que o pior de tudo é ver quão responsável e incompetente Norma é. Tudo bem, ela ama o filho dele e não quer acreditar na verdade, pois prefere viver em seu mundo de mentira onde todos estão bem. Mas alguém por favor abre os olhos dela! Alguém diga a ela que ela está ajudando o filho a se tornar mais louco ainda!

Fiquei um pouco puto pouco não, fiquei puto pra caralho quando Norman matou Bradley. Porra, ela era uma das minhas personagens preferidas. Desculpem a linguagem. Apesar de tudo, temos que ver que foi uma grande homenagem ao filme original!

Atualmente, Bates Motel está confirmada para ser finalizada em seu quinto ano. Aguardarei ansiosamente o quarto ano da série, pois ele promete... e muito!
por Neto Ribeiro

Criada por: Carlton Cuse
Canal: A&E
Episódios: 10
Elenco: Vera Farmiga, Freddie Highmore, Nestor Carbonell, Max Thieriot, Olivia Cooke

2 comentários :

  1. Fiquei um pouco puto pouco não, fiquei puto pra caralho quando Norman matou Bradley.......

    ResponderExcluir
  2. Anônimo2/07/2017

    ainda nem assisti a morte da bradlay mas ja estou putassa

    ResponderExcluir