18 de novembro de 2015

Crítica: Atividade Paranormal - Dimensão Fantasma (2015)


Aviso: O post contém alguns spoilers sobre os 6 filmes da franquia.

Testando já a paciência do público, a franquia Atividade Paranormal chega ao fim após 6 filmes - 5 principais e 1 spin-off -, com seu último capítulo subtitulado Dimensão Fantasma. O primeiro capítulo foi lançado em 2007 e causou um grande alvoroço, semelhante ao de A Bruxa de Blair em 1999. Graças a ele, tivemos essa explosão de filmes found-footage, já que era fáceis e baratos de fazer e no final das contas, rendiam muito para a produtora.

A qualidade da franquia foi caindo a cada filme, chegando ao seu patamar no horrível Atividade Paranormal 4, lançado em 2012. Dois anos depois, o primeiro spin-off oficial da franquia, subtitulado Marcados Pelo Mal, parecia mais um filme ruim, mas na minha opinião, foi melhor do que o esperado e surpreendeu no final. Com isso, todas as expectativas restantes estavam entregues no último filme, que seria lançado em 3D.


Muitos se perguntavam o que tinha ali para colocarem em 3D e eu lhos respondo. Tudo faz parte da história, que vou explicar após relembrar alguns fatos dos outros filmes, para refrescar a memória e facilitar o entendimento do capítulo final. Então, vou criar um tipo de linha do tempo com os acontecimentos de cada filme:

- 1988 (Atividade Paranormal 3): As irmãs Kristi e Katie começam a ser assombradas por uma entidade chamada Toby. Logo se descobre que a avó delas faz parte de um culto satânico. A mesma mata a mãe e o namorado dela, para poder iniciar as meninas no culto.
- 2005-2006 (Atividade Paranormal 2): Já adulta, Kristi tem um filho e volta a ser assombrada por uma entidade, sem nada se lembrar de sua infância. Quando fica possuída, sua família consegue transferir o espírito para outra pessoa.
- 2006 (Atividade Paranormal): Katie presencia eventos paranormais na casa com seu namorado Micah. No final de tudo, Katie mata Micah, pois o espírito de Kristi foi transferido para ele. Em seguida, ela vai na casa da irmã e mata ela e seu marido, fugindo com o bebê (mas tudo isso foi mostrado já no 2)
- 2011 (Atividade Paranormal 4): História chata e insignificante, que nada contribui para a franquia além de nos mostrar onde Katie e Hunter estavam.
- 2012 (Marcados Pelo Mal): Apesar de não muito relevante para a história em geral, é nesse filme que somos introduzidos aos portais.

Pronto, após essa retrospectiva, vamos à história do filme. Há uma nova família como protagonista. Está perto do Natal e o casal Ryan e Emily convidam o irmão dele e uma amiga. No meio de tudo, tem a filha deles, Leila, que começa a falar com um amigo imaginário chamado Toby. Ao mesmo tempo, Ryan encontra uma caixa com uma câmera antiga e algumas fitas.

Para a surpresa dele, a câmera está funcionando. O único problema é que fica aparecendo umas falhas na imagem, mas falhas tridimensionais, que se movem, como se estivessem no local mas apenas a câmera consegue captá-la. Ao assistir as fitas, Ryan e seu irmão conhecem a vida de Katie e Kristi, pois as fitas são as mesmas mostradas em Atividade Paranormal 3. No entanto, há fitas a mais. Tais fitas que mostram o que aconteceu após o final do mesmo.

É então que algumas coisas são explicadas. Após a morte da mãe e seu namorado, as meninas foram levadas pela avó até algumas pessoas - o culto - onde elas foram treinadas por alguns anos. Uma jogada interessante do roteiro foi o fato de que em algumas fitas, as garotas conseguem ver o que está acontecendo atualmente. Um exemplo: os caras estão vendo as fitas num quarto cheio de telas e alguns brinquedos. Nas fitas, que se passam em 1988, as meninas estão passando por um teste, em que são perguntadas o que veem ao fechar os olhos. E elas falam que estão vendo dois homens a observando e há muitas telas, etc.

A partir daí, o filme toma os rumos normais da franquia. O pai coloca câmeras na casa e elas começam a capturar acontecimentos estranhos. A única diferença é a nova câmera, que consegue captar os fantasmas.


Esse quinto e último capítulo oficial não traz nada de novo. Como já esperado, o filme recicla a história dos outros mudando apenas a família. Se eu tinha alguma esperança para que esse filme pelo menos satisfizesse minhas expectativas, elas foram destruídas logo no início do filme. Para aqueles que já estavam cansados da franquia, passar longe do filme é uma boa. Até por que não há nada que valha a pena ver. Não posso falar do 3D pois assisti em 2D, mas vi alguns comentários dizendo que consegue divertir. Cabe a você decidir se vai pagar a mais para ver o filme.

Se analisar bem o filme, podemos ver que o roteiro é vazio e sem história, trazendo apenas alguns elementos pra arrancar pulos da cadeira e pessoas com olhos completamente negros. Enquanto o primeiro filme arrastou todos os fãs de filmes com uma história interessante e nova, Dimensão Fantasma perde pontos por conta do tamanho desgaste, já que a essa altura do campeonato, nada mais assusta nem se torna interessante.

Por fim, Dimensão Fantasma cumpre o esperado: 90 minutos de câmeras balançando, vultos na escuridão e um final corrido e sem emoção. Os novos elementos da câmera mal fazem diferença pois já estamos totalmente familiarizados com a história e sabemos como ela vai terminar. Ao invés de concluir de forma digna a história da franquia, o filme chega a deixar mais pontas soltas, chegando a colocar aquela pulga atrás das nossas orelhas: esse será realmente o último. Se eu fosse você, não confiaria nisso.

por Neto Ribeiro


3 comentários :

  1. Detestei o filme,mesmo que eu me esforce pra colocar uma linha cronologica da franquia ainda tem muitas duvidas mas as que eu to com mais curiosidade mé [SPOILER]ally a unica sobrevivente da franquia não retornou e nem a katie do presente onde elas estão?,como hunter foi parar no passado?se toby ja tem forma humana ele ficou no passado ou usou um portal pra voltar ao presente?,enfim só não é pior quer o 4

    ResponderExcluir
  2. Alex, vou tentar responder essas perguntas de acordo com o que eu entendi, ok?
    - Se eu não me engano, eles mencionam Ally no 'Marcados Pelo Mal'.
    - Também fiquei me perguntando onde estaria Katie, já que haviam confirmado que ela estaria no filme.
    - Hunter provavelmente usou um daqueles portais e de alguma forma ele foi filmado em uma das fitas, mas não sei ao certo explicar o por que.
    - Aí não sei responder, já que o filme termina com Toby no passado.

    ResponderExcluir
  3. Anônimo6/11/2016

    Na boa, esse filme é um lixo só por ter uma boa grana dos anteriores para fazer no minimo um último filme bom, mas não passa de 3 sustos e um final irrelevante.

    ResponderExcluir