1 de maio de 2017

Crítica: Amityville 6 - Uma Questão de Hora (1992)


Amityville é uma daquelas franquias que se estenderam mais que o necessário. Depois da parte 3, ela deixou de ter o cenário principal a casa dos assassinatos. Agora a maldição está presente em outras regiões e/ou artefatos que estiveram na casa que foi palco dos crimes... No caso de 'Amityville 6 Uma Questão de Hora', um relógio.

Lançado em 1992, foi dirigido por Tony Randel que já havia trabalhado em grandes produções de terror como 'Hellraiser 2'. No elenco estão: Stephen Macht ('Deu a Louca nos Monstros' de 1987, 'A Criatura do Cemitério' de 1990); Shawn Weatherly ('Loucademia de Policia 3' 1986); Megan Ward ('Freaklândia: O Parque dos Horrores ' de 1993); Damon Martin ('Ghoulies' de 1988); e Jonathan Penner ('Jason Vai para o Inferno' de 1993).

O longa acompanha a família Sterling cujo o patriarca leva para sua casa, depois de uma viagem à com o tic tac mais irritante do mundo do século XV que pertenceu a Gilles de Rais, um assassino canibal de crianças. Junto com Jacob, moram, seus dois filhos adolescentes, o tranquilo Rusty e a doce Lisa... Também está uma amiga da família que havia morado na casa antes deles, Andrea Livingston, mulher essa que mesmo saindo com um cara da faculdade que ela frequenta, se relaciona com Jacob. 
Amityville, um relógio de lareira

Não obstante, o relógio ainda é a ligação com uma velha e demoníaca casa de Amityville, o que faz com que logo quase todos ao seu redor sejam afetados por seus maléficos poderes. Um fato interessante é que Jacob diz que o relógio era de uma casa que foi demolida para um empreendimento, ou seja, a casa do massacre da família DeFeo e da fuga dos Lutz, fora destruída. Logo no mesmo momento em que o relógio se torna parte da decoração da residência dos Sterlings, uma vizinha, Iris Wheeler, pressente o mal que os espreita.

O relógio, de alguma forma, vai crescendo por trás das paredes da caça, e vagarosamente a família vai sentindo os efeitos da maldição. O cachorro da família fica mais agressivo, Jacob vai se tornando um homem instável e Lisa que vagarosamente se torna uma garota 'sádica', principalmente com o seu namorado. Rusty além de perceber as mudanças de personalidade, descobre que durante a noite, a casa 'muda', ela se transforma numa sala diferente da sua. Para piorar a situação, Jacob é atacado por um cachorro de um vizinho e fica ferido na perna.  


Rusty é um bom amigo de Iris, então ele decide contar o que aconteceu na sua casa na noite anterior, é aí que ele fica sabendo que Iris sabe o que está acontecendo e o porquê. Andrea chama Rusty para ir com ela até o vizinho cujo cachorro machucara Jacos, e conversar a respeito do que podem fazer... Mas, eles descobrem o que suposto autor do ataque é um animal manso.

Na medida em Jacob vai ficando mais paranoico e instável, Andrea também vai se preocupando com toda essa situação que piora ainda mais com a chegada do Leonard Stafford, um amigo da faculdade de Andrea que começa a flertar com ela, despertando ciúmes em Jacob. Após um encontro Andrea e Leonard percebem que uma pequena parte anexada a casa estava pegando fogo, Andrea logo culpa Rusty pelo incêndio que alega inocência, o garoto afirma que havia tentado falar para ela que algo estranho estava acontecendo.


Leonard também começa a sofrer as consequências da influência do relógio, depois de ficar com Andrea, ele tem uma conversa assustadora com uma alucinação do Jacob. No dia seguinte, depois de tentar alertar Andrea sobre os estranhos acontecimentos na casa e de ver a sua irmã com uma personalidade diferente, Rusty vai até a casa de Iris e descreve a sala que ele vira. Iris conta para ele que a sala transformada pertenceu a Gilles de Rais, um professor que escolhia as crianças mais inteligentes da sua sala, matava e depois as comia para absorver a inteligencia delas. Mesmo que Rusty tenha mencionado que os acontecimentos vieram a tona depois que seu pai chegara com o relógio de Amityville, eles não chegam a associar esse fato com o massacre dos DeFeos e a fuga dos Lutz.  

Nesse mesmo dia, Iris, em suas pesquisas, descobre a relação do relógio com Amityville, e logo tenta comunicar Rusty, mas não consegue. No dia seguinte, a senhora sofre um acidente bizarro no estilo premonição e acaba morrendo... Rusty vai na casa da amiga e investiga as pesquisas que ela havia feito, é aí que ele descobre a conexão de tudo, mas ele é preso por invasão de domicilio.

Enquanto isso, Jacob piora cada vez mais com a mordida que levara do cachorro, além disso, ele se torna um homem agressivo ameaçando a vida de Andrea. Ela, com a ajuda de Leonard o amarram e dão sedativo para ele. Em um dos momento mais curiosos do filme, Lisa leva o seu namorado, Andy, para a garagem para ficarem mais íntimos. Andy tira a roupa e pisa numa espécie de lama com ácido, isso não é explicado no filme, que vai puxando ele pelo ralo devagar enquanto Lisa se diverte com o sofrimento do namorado, numa cena que parece ter sido tirada do 'A Bolha Assassina'. 

Uma tradição da franquia Amityville é mostrar meleca saindo no lugar de água, isso acontece em quase todos os filmes, aqui não seria diferente. A cena envolvendo esse conceito envolve Leonard tomando banho numa banheira, no lugar de água sai uma meleca grossa e gosmenta... Logo depois ele é atacado pelo namorado deformado de Lisa, aquele mesmo que fora sugado pelo ralo momentos antes. 

Andrea entra num quarto e descobre algo bizarro, o compartimento fora transformado numa espécie de altar para a casa de Amityville, com vários desenhos e maquetes da casa feitos com papel. Do lado de uma das maquetes, tinham lápides com os nomes de todos os residentes da casa. Ela, começa a escutar barulhos na janela, e quando vai ver, encontra Leonard enforcado.  


Jacob conseguiu se soltar, e Rusty chega na casa para auxiliar Andrea... Ele conta para ela que Iris morreu. O rapaz conta para Andrea que o relógio é o responsável por todos os acontecimentos na casa. Todos ficam presos dentro da residência, Rusty vai até Lisa e é atacado por ela. Ao mesmo tempo, Jacob ataca Andrea. É legal notar como as coisas chegaram a um extremo insustentável na relação da família.

Rusty detêm o seu pai e Andrea tenta destruir o relógio... Porém, numa ultima jogado do objeto, eles voltam no tempo e vão parar no dia em que Jacob chegou na casa com o artefato amaldiçoado. Tudo começa a se repetir, mas no momento em que Andrea vê o relógio, ela, num ato desesperado, o quebra na frente de todos que nem sequer sonham com o que está acontecendo. Andrea pega as suas coisas e vai embora sem dar explicações. O filme acaba com Rusty olhando para Iris e depois fechando a posta de sua casa, livre de todo o mal. Esse final foi bastante confuso, o relógio voltou no tempo para evitar ser destruído, mas Andrea continuara com a sua memória sobre o poder maléfico que aquele artefato tinha, então toda essa volta no tempo não serviu para nada a não ser para dar um final mais feliz para os personagens. Foi uma saída besta do roteiro que prejudicou na qualidade final do filme.  

No geral Amityville 6: Uma Questão de Hora, é um filme divertido, trás uma ideia legal, e as referência a casa de Long Island são bem divertidas, mas ele se perde dentro do seu próprio conceito... Todo mundo já viu ou ouviu falar na casa de Amityville, e num filme chamado 'Amityville', o público quer ver situações na casa responsável por essa franquia e por toda história que envolve ela, nesse quesito, o filme decepciona bastante. Outro problema da história está em torno de alguns personagens que são inexpressíveis frente a situações intensas, como o caso de Rusty que mata a sua irmã como se fosse uma coisa normal, faltou interpretação e profundidade do elenco. 

Desde a parte 4, a casa de Amityville não é mais o cenário das maldições, mas nessa parte 6, as referências foram mais fortes até então. Até no designe da casa da família Sterling parece uma cara como a casa original, só que aqui não transmite sensação nenhuma assustadora. O toque do inicio dos anos 90 no longa deixa tudo com um gostinho de nostalgia, mas se comparado com os dois primeiros filmes, essa película é bem inferior, entretanto, é superior ao parte 5. Por esse motivo, a nota para o filme é: 5,0.         


Ficha Técnica



Diretor: Tony Randel.
Roteiro: John G. Jones, Christopher DeFaria, Antonio Toro.

Elenco: Stephen Macht (Jacob Sterling), Shawn Weatherly (Andrea Livingston), Megan Ward (Lisa Sterling), Damon Martin (Rusty Sterling), Jonathan Penner (Dr. Leonard Stafford), Nita Talbot (Iris Wheeler).

Sinopse: Um relógio do século XV que pertenceu a Gilles de Rais, um assassino de crianças, vai parar na casa de uma família. Sem saber da origem do objeto, a família imediatamente o coloca em um local de destaque na sala de estar. Só que o relógio é a ligação com uma velha e demoníaca casa, o que faz com que logo quase todos ao seu redor sejam afetados por seus maléficos poderes.



Por: Michael Kaleel.

Postar um comentário